Posts Tagged ‘Casa de Retiro de São Francisco’

A CASA DE RETIRO, NÃO!

24/06/2010

Fachada da CASA DE RETIRO DE SÃO FRANCISCO – Foto de WALTER DE CARVALHO | Agência A Tarde – 24.6.2010

.

texto de JORGE PORTUGAL*

.

Existe no coração de Salvador, na rua Waldemar Falcão, em Brotas, ao lado do Candeal, um oásis de calma e sossego, um monumento aberto ao silêncio e à paz, uma fonte concreta daquilo que chamamos “qualidade de vida”. Inúmeras pessoas que para lá se dirigem, a fim de passar algumas horas, uma tarde, ou mesmo dias sabem que aquele santuário vivo é um dos grandes bens espirituais e humanos que ainda restam de uma cidade estressada, corrompida, deformada, apartada, aviltada pela velocidade e o lucro.

Esta cidade já se esqueceu de que foi criada para as pessoas e não o contrário. Continua, assim, ameaçando a vida com seus automóveis, sua poluição, seu abismo social e, sobretudo, com a ganância insaciável dos que se julgam seus donos.

Pois são esses “pretensos donos da cidade” que agora afiam suas garras e dirigem seu instinto predador para a Casa de Retiro de São Francisco. Como uma fera voraz capaz de rasgar as entranhas e comer os próprios filhos, essa gente insana trama a destruição de um dos últimos refúgios que resistem em uma metrópole terminal.

A Casa de Retiro é o resultado de uma “articulação do bem” que contou com doações de famílias baianas de boa vontade e do empreendedorismo humanista do Dr. Norberto Odebrecht, que a construiu.

Tudo isso sob a liderança da fé do frei Hildebrando Krutaup como uma dádiva à plenitude espiritual, e também como um centro de assistência médica, odontológica e psicológica a tantos que necessitam.

Seus magníficos jardins, a capela de Lourdes a céu aberto sob a copa de uma frondosa mangueira, seus corredores e pátios de convidativo silêncio, o abraço materno e aconchegante das freiras que lá vivem falam-nos de um mundo de reflexão e de profunda entrega do que temos de melhor em nós mesmos.

Vale a pena conhecê-la, leitor(a) querido(a). Conhecê-la e defendê-la, como sempre fazemos quando identificamos uma boa causa por que lutar.

Vamos dar um basta à especulação inconsequente e aos falsos “bons negócios” que só geram lucros para os poucos de sempre.

Pela vida, pela paz, pela solidariedade e pelo sonho de uma cidade mais humana, vamos dizer em alto e bom som: a Casa de Retiro, não!

.

*Jorge Portugal – Educador e membro do Conselho Nacional de Política Cultural

.

Anúncios