NÃO COMEMORE O NATAL

.

texto de JORGE PORTUGAL*

Peço que por uns segundos você esqueça o Shopping Iguatemi, o panetone (epa!), a árvore enfeitada, a mesa farta, o abraço protocolar dos parentes e me responda: o que se comemora mesmo no dia 25 de Dezembro?

Se não me engano é a data presumível do nascimento de uma criança paupérrima, cuja trajetória neste mundo pode ser resumida em uma frase que a tal criança, uma vez adulta, vivia repetindo: “ama o teu próximo como a ti mesmo”.

Se essa frase tivesse sido levada a sério, ao longo desses dois mil e nove anos poderíamos ter evitado um mar de sofrimento e clamor que marcou e tem marcado a presença humana no planeta: cruzadas assassinas, grandes guerras mundiais, escravidão de negros africanos, racismo de todas as formas, fome, miséria e aquecimento global.

Se a humanidade ocidental-cristã tivesse realmente aquela criança na conta de um deus, certamente que nem precisaria escrever leis absurdas, impor regras e limites de convivência, erguer “cercas embandeiradas que separam quintais” e outras complicações que estarrecem e empobrecem a vida. Bastaria ter o Sermão da Montanha como fonte de inspiração e orientador de condutas.

Mas a verdade é nunca demos a menor bola para o que o nosso aniversariante fez ou propôs. Montamos uma forma de viver, por essa banda do mundo, que corresponde exatamente ao contrário das suas melhores ideias. Construímos templos suntuosos para abrigar as correntes religiosas que fundamos e temos fundado, em nome de uma certa fé nesse homem que achamos ser Deus. Acontece que ele nunca pediu nada disso e até repudiava os que transformavam casas de oração em casas da moeda.

Inventamos e sustentamos milhares de padres e pastores que se arrogam professadores e exegetas da mensagem do “cara” e o fazem… da boca pra fora!

Por esses últimos dias, tivemos notícia de morte e desespero pelas chuvas de São Paulo, cenas explícitas de corrupção por bandidos de Brasília e do fracasso de Copenhague, cujos líderes, na sua maioria autointitulados “cristãos”, resolveram apressar, por simples egoísmo, a morte do planeta.

Por isso, se você se encaixa em alguma das categorias acima descritas, por favor, seja coerente e verdadeiro com você mesmo(a): no dia 25, não comemore o natal.

*Jorge Portugal – Educador e poeta

secretaria@jorgeportugal.com.br

.

NOTA DO EDITOR – A respeito de Jorge Portugal temos novidade. O grande poeta e educador santamarense, apresentador do ágil e cativante programa educativo e cultural “Aprovado!”, da TV Bahia, inicia nova fase na vida. Ele agora se prepara para entrar em rede nacional da TV Brasil para animar – com seu jeito especial de ser baiano – um programa semelhante e mais amplo, “Tô Sabendo”.

Vejam o belo recado que Jorge Portugal deixou para seus colegas de trabalho na TV Bahia e também para os convidados e espectadores do Aprovado!:

.

COMPANHEIRO(A)S DE MUITAS VIAGENS:

No próximo sábado [26.12.09], despeço-me da condição de apresentador do programa APROVADO!

Durante nove anos, transformamos as manhãs de sábado em manhãs de praia, descanso e… conhecimento. Continuarei, no entanto, como consultor de conteúdo e passarei a apresentar um quadro de muitas viagens pelo universo da cultura.

O outro lado da notícia é que estou partindo para uma experiência nacional, com um programa na TV Brasil, que deve estrear (se Deus quiser!) no dia 23 de janeiro próximo.

Será o “Aprovado” para todo o país, com o nome de TÔ SABENDO.

Agradeço a todos vocês que nesses nove anos foram, convidados, iluminadores, conselheiros e audiência de uma experiência pioneira e bem sucedida, no campo da educação, na TV brasileira.

Um abraço Aprovado!

Jorge.

Peço, agora, que leiam e reflitam um pouco sobre o meu artigo abaixo [*] , publicado na última terça-feira no jornal A Tarde.”

[*] Na edição deste post, o artigo “Não comemore o natal” ficou acima, não abaixo.

.

SAIBA MAIS SOBRE JORGE PORTUGAL – O compositor de A Massa, canção feita em parceria com Raimundo Sodré, grande sucesso no país no começo dos anos 1980, vai entrar em rede nacional de TV, mas na internet ele já pilota uma rede digital de educação através do site http://www.redeeduca.com.br/.

Jorge Portugal possui ainda um site oficial em forma de blog:

http://www.jorgeportugal.com.br/blog/

A Massa é de 1980. Agora vejam outro sucesso de Jorge Portugal como compositor, este em parceria com seu conterrâneo Roberto Mendes, Caribe, Calibre, Amor, de 1985:



Caribe Calibre Amor

(Roberto Mendes – Jorge Portugal)

Amar anima

Amar ânima

Amaralina

Amar é anilina

Amar é nina

É maré menina

Hum amar é ímã

Mamar é amar

Batuque toque

De nego nagô

Sawoodstock

A cor dar a cor da cor

“Chose de loque”

Cor de rosa choque

Aqui jazz o rock

Derradeira dor

Cuba Bahia

Caribe calibre amor

Vodu magia

CaraHavana Salvador

A utopia guerrilhalegria

Nossa fantasia

Vem da mesma dor

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: