S.O.S. BAMBUZAL DO AEROPORTO

FOTO: MARCO AURÉLIO MARTINS | AGÊNCIA A TARDE

FOTO: MARCO AURÉLIO MARTINS | AGÊNCIA A TARDE

por LUIZ MOTT*

Considero o bambual – ou bambuzal – na entrada do aeroporto de Salvador um dos mais belos e pitorescos cartões postais da Bahia. Não só para os estrangeiros do hemisfério norte, que do frio ar-condicionado do avião de repente mergulham em plena exuberância tropical, como para os brasileiros de todo o país, este fantástico túnel formado por milhares de bambus é visão arrebatadora, espetáculo botânico único no mundo inteiro.

Desafio a apresentarem outro tão belo e majestoso portal de entrada e saída de uma cidade, como este nosso bambual. Os mais ecologistas sentem-se como se tivessem mergulhado em pleno coração da paradisíaca mata atlântica. Os mais viajados são possuídos pela mesma emoção transcendental provocada pelos deslumbrantes arcos e ogivas das catedrais góticas.

Se atentarmos porém que este maravilhoso conjunto botânico-arquitetônico pode ser destruído em minutos com um simples palito de fósforo, ou um cigarro aceso, temos de nos mobilizar para que o bambuzal do aeroporto de Salvador seja imediatamente protegido por todas as leis de preservação ambiental e tombado como patrimônio histórico natural.

Tenho o privilégio de desfrutar tal visão edênica diversas vezes por ano, ao embarcar no nosso Aeroporto Dois de Julho, e por mais de uma vez, vi populares cortando algumas enormes varas de bambu – certamente para usar como decoração nos espaços públicos nas festas juninas, ou para algum fim doméstico.

Noto sempre grande quantidade de folhas e varas secas no chão, também lixo, matéria-prima perigosíssima para incêndios devastadores. Há informação que se repetem os assaltos aos transeuntes – na sua maioria pessoas que trabalham no aeroporto. O riozinho que corre ao lado deste túnel de gramínea bambusácea está tragicamente poluído, sem falar num inoportuno estacionamento de veículos situado à sua margem.

Apresento três soluções urgentes para que este nosso cartão postal não vire cinza:

1] manter um guarda florestal in loco, em tempo integral, para impedir qualquer corte ou dano aos bambus, capacitando-o e instalando extintores e hidrantes para debelar as chamas em caso de incêndio, garantindo igualmente melhor segurança dos transeuntes;

2] que a Superintendência dos Parques e Jardins de Salvador e a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Biodiversidade façam avaliação técnica sobre as “condições de saúde” dos bambus, providenciando o plantio regular de novos exemplares, garantindo a remoção sistemática de folhas e galhos secos para evitar incêndios, adubando o terreno para sua melhor sustentação;

3] colocação de placas informativas em locais estratégicos nas entradas e saídas do aeroporto, identificando esta espécie botânica e os cuidados que a população deve ter para evitar danos a este patrimônio da humanidade.

Salvemos o bambuzal do aeroporto, a catedral de Chartres de Salvador!

*Luiz Mott: Professor titular de Antropologia da Universidade Federal da Bahia, luizmott@oi.com.br

Anúncios

Tags:

3 Respostas to “S.O.S. BAMBUZAL DO AEROPORTO”

  1. barreto Says:

    alinhemo-nos ao professor Mott
    o bambuzal é um santuário, espaço sagrado de Oxalá (Oxaguian, o jovem guerreiro Oxalá), conforme a cultura religiosa ketu/nagô afrobaiana.

    vamos cuidar para que não detonem mais esse espaço, único, de entrada e saída desta cidade sagrada, de todos os santos, orixás, voduns, inquices, caboclos, encantados…
    preservação do santuário/bambuzal do aeroporto, já!

  2. Ângela maluf Says:

    Majestoso. Inigualável!

  3. André Bonfim Says:

    So retificando que o bambu é uma espécies exótica, muito utilizada no passado em projeto de reflorestamento de áreas degradadas. É uma planta que não faz nenhum bem à Mata Atlântica, aliás, se você notou, onde cresce bambu não se vê um pé de planta no chão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: