A BANDA DA PM NÃO PODE ACABAR

A Banda da Polícia Militar da Bahia, fundada em 17.9.1849, é a mais antiga em atividade do Brasil, mas está em decadência e precisa ser revitalizada porque é um patrimônio histórico do país

A Banda da Polícia Militar da Bahia, fundada em 17.9.1849, é a mais antiga em atividade do Brasil, mas está em decadência e precisa ser revitalizada porque é um patrimônio histórico do país

O compositor baiano Tuzé de Abreu manifestou neste blog a sua tristeza e indignação pelo fim de fato, não de direito, da Banda da Polícia Militar da Bahia, a mais antiga em atividade no país que atingiu alto nível de qualidade musical, produziu grandes músicos, e por causa de uma medida de um ex-governador perdeu toda a sua grandeza. Confira o comentário de Tuzé no post que tem sido o mais acessado deste blog, intitulado “Independência do Brasil na Bahia-2 e com o subtítulo “Dois de Julho, uma Festa do Povo”, de autoria de zédejesusbarrêto. Esse post contém um YouTube com áudio de uma excelente gravação do Hino ao Dois de Julho interpretado pela Banda da PM quando estava em seu auge. Endereço do post:

https://jeitobaiano.wordpress.com/2009/07/02/independencia-do-brasil-na-bahia-2/

Como sequência à discussão levantada por Tuzé de Abreu, o jornal A Tarde, de Salvador, publicou nesta terça-feira 14, no Espaço do Leitor, a seguinte carta assinada pelo coronel PM Humberto Costa Sturaro, relações públicas da Associação dos Oficiais da Reserva:

BANDA DA POLÍCIA MILITAR DA BAHIA

Assistindo ao desfile do Dois de Julho, quando um amigo me perguntou o que está havendo com a Banda da PM, um soluço chegou a embaraçar minha voz. A Banda de Música criada em 17/09/1849 e que faz parte do patrimônio histórico-musical da Bahia, quiçá do Brasil, não pode ser extinta!

Nos campos de batalha do Paraguai e Canudos, os músicos não foram impelidos pelos chefes a lances heróicos porque eram encarregados de socorrer os feridos e enterrar os mortos. No Rio de Janeiro, na parada comemorativa da vitória na Guerra do Paraguai, foi quem puxou os batalhões de Voluntários da Pátria! D. Pedro II, emocionado, deixou escapar a frase: “a Bahia… sempre a Bahia”.

Em 18/08/1895, sob a regência do maestro Carlos Gomes, no Teatro Politeama, executou o Guarani. Com o maestro Antonio Vanderley – que lhe emprestou o nome – gravou marchas, valsas e tangos para a Casa Edson.

O grupo de músicos, no quartel, é como o sol: além de trazer luz e alegria, empolga e orgulha nas grandes galas.

Como o Dr. Jaques Wagner está resgatando as coisas boas da Bahia e se orgulha de ser o nosso comandante-em-chefe, os coronéis têm esperança na volta do quadro de músicos e de tambor–corneteiros da “centenária milícia de bravos”.

(Depois de ler a carta do Cel. Sturaro, Tuzé fez novo e sucinto comentário:)

TOMARA QUE O GOVERNADOR WAGNER FAÇA ALGO.

Anúncios

Tags:

15 Respostas to “A BANDA DA PM NÃO PODE ACABAR”

  1. Carlos Alberto da Silva Says:

    Infelizmente algumas tradições culturais foram banidas pela falta de apoio dos dirigentes públicos, entre essas tradições estão inseridas as “Bandas de Música”: no decorrer dos anos, há a evasão dos músicos e desânimo dos maestros, que sempre recebiam pressão de alguns dirigentes que afirmavam ser desnecessária a manutenção de Bandas de Música na instituição, não havendo, portanto, reconhecimento dos valores das tradições da instituição.

  2. adao rodrigues dos santos Says:

    Para que não acabe, tem também de cuidar da manutenção dos instrumentos.
    Queiroz Conserto:consertamos e vendemos instrumentos de sopro.
    Rua Diamantino nº 25E, Itinga, Lauro de Freitas, tel: (71) 8801-4043 Adão.

  3. hamã oliveira Says:

    alguém sabe informar se existiu algum músico, entre as décadas de 10,20,30,40,50,60, chamado silvestre antonio caldas, se souber por favor entre em contato.

  4. hamã oliveira Says:

    alguém sabe informar se já ouviu falar em um músico que atuou na banda de música da pm chamado silvestre antonio caldas, parece que ele era português.

  5. Henrique Says:

    Oi!!
    Gostaria de saber como se faz o ingresso na banda da PMBA.
    Desde pequeno sempre gostei de ver a banda guiando as marchas nos desfiles de 7 de setembro. Isso me faz lembrar da história do encantador
    de ratos, sem querer associar o desfecho da história infantil mas sim o enredo, me fascinava ver as marchas sincronizadas com os sons da banda.
    Longa vida à Banda Militar da PMBA

  6. anselmo serrat Says:

    Faço parte da comunidade de Jauá, cidade praieira que pertence a Camaçari. Em junho realizaremos uma grande festa resgatando a beleza e simplicidade do São João. Será uma festa realizada pela comunidade para a comunidade, onde as famílias estarão dançando ao som do legítimo Pé de Serra, enquanto as crianças terão seu espaço de brincadeiras típicas. A comunidade gostaria de fazer uma bela abertura e imaginamos isso feito pela Banda da Polícia Militar. Gostaria de saber se é possível e a quem devemos procurar para fazer o pedido.

    • jarycardoso Says:

      É possível sim conseguir a participação da Banda da Polícia Militar nessa festa, porque embora a banda não exista de direito, ela existe de fato. E a sede da banda se situa em um daqueles prédios que compõem o chamado Quartel da Polícia Militar, na Avenida dos Dendezeiros. Será preciso que um representante da comunidade de Jauá entre em contato ou vá pessoalmente ao Quartel da PM e apresente o pedido ao comandante-geral. Desejo-lhes boa sorte nessa empreitada.

  7. William Carvalho Says:

    Sou aspirante ao quadro de praça da Polícia Militar do concurso de 2006. já entreguei documentos e aguardo ser chamado para início agora, maio de 2010, e sou Músico. meu maior Sonho é conseguir entrar e ingressar na Banda de Música da Polícia do Estado. quero servir meu Estado como praça, mas também como músico!!! toco Sax Alto há Muitos anos!!!! Espero ter esse privilégio concretizado em minha vida!!!!

    • jailson Says:

      william carvalho, com certeza você irá conseguir, sou trompetista há muitos anos e estou na PMBA, só que onde eu estou não tem banda, estou esperando um filho de Deus aparecer para me transferir para um batalhão que tenha banda de música. Hoje que eu saiba só em Juazeiro, Vitória da Conquista, Itabuna, Feira e Salvador. Te desejo boa sorte.

  8. os colegas bons sabem quem postou Says:

    Eu toquei quase 18 anos na banda da PM, nunca vi tato descaso como agora. Saí dela no mês de julho, fiquei muito feliz porque não aguentava mais acordar 3 e 30 da manhã para ir trabalhar. Moro em Nazaré e a sede dela é em Salvador, pra mim não deu mais. Tchau banda de música, aqui fica minha despedida aos bons colegas e aos maus colegas, espero que nunca mais. Quem é sabe.

  9. antonio jose aç Says:

    eu sou buica. toquei lá 26 anos, trompa, bombo, caixa e pratos. ingressei como 3º sgt e saí como tenente. fui pra tropa por ordem e voltei a pedido e tive a honra de regê-la… eta lugar bom de trabalhar. MÚSICA é a arte de se manifestar o mais puro sentimento da alma através do som. para ser respeitada é necessário compreendê-la.

  10. Joel de Souza miranda Filho Says:

    Amigos
    Meu tio, Francisco Juvêncio de Oliveira, foi músico da Banda da Polícia, sargento à época, entre as décadas de 40 e 50.
    Nesta semana está fazendo 95 anos, quero fazer uma surpresa a ele, lhe dando de presente algo, talvez uma foto, mesmo um livro, que conte a história desta banda, da qual me lembro quando ia ao Quartel do Aflitos, pois meu pai, também sargento, Joel de Souza Miranda, também era músico da corporação.
    Aguardo por e-mail alguma informação
    Joel de Souza Miranda Filho 70

  11. luiz henrique Says:

    A banda de música da PM desempenha no mínimo um duplo papel: a de ser uma ferramenta mantenedora das tradições militares e a de manter constante elo de ligação da Corporação com a comunidade, fomentando a cultura, difundindo a música e estabelecendo um perene parceria comunitária.

  12. Rick Almeida Says:

    olha o que eu fiz nesta foto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: